Não perca seu emprego: dez dicas importantes para quando for usar a internet no trabalho

 

A barreira entra a vida pessoal e a vida profissional está diminuindo. As redes sociais são parte desse movimento de queda do muro. Por isso, é importante tomar cuidado com o que publica nesses sites, mas também com o que escreve nos seus e-mails e com os portais que visita quando está no trabalho. Não coloque seu emprego em risco.

1- Pesquisa realizada pela Manpower mostra que 55% das empresas brasileiras controlam o uso de mídias sociais. Não seja ingênuo. Evite posts que possam ter conflito com a empresa onde trabalha. Se você não diria algo para seu chefe, reflita se vale o risco de publicar nas redes sociais. Tenha em mente que o mundo inteiro pode ter acesso ao que escreve e que sua imagem está em jogo.

2- Muito cuidado com a divulgação de questões internas da empresa. Às vezes uma informação banal para você, pode ser valiosa para a concorrência.

3- Seja educado, não use mais banda de internet do que você tem direito. Algumas empresas controlam a quantidade de banda disponível para cada usuário, mas são exceção. Se você quer ouvir rádio ou assistir vídeos em streaming, seja cuidadoso. Verifique se não está deixando todos os demais computadores lentos.

4- O e-mail corporativo é para uso estritamente comercial. Nem pense em tratar seus assuntos pessoais nessas mensagens. Fofocas de trabalho ou reclamações em relação ao chefe podem colocar seu emprego em risco.

5- Evite acessar páginas cujos temas não estão vinculados à sua função. Ninguém é de ferro, mas seja sincero com você mesmo e tenha noção se está abusando.

6- Não coloque o sistema de sua empresa em risco. Programas de compartilhamento de arquivos no trabalho, nem pensar. Nada de clicar em links chamativos, possivelmente maliciosos, ou abrir arquivos recebidos de desconhecidos por e-mails.

7- O diálogo é a melhor opção. As empresas brasileiras estão entre as que mais controlam o uso de meios digitais, por isso é provável que você se depare com proibições. Em vez de buscar alternativas para burlar a regra, considere discutir o assunto com seu chefe.

8- Evite falar mal da concorrência nos e-mails corporativos. Essa é uma prática considerada antiética.

9- Cuidado com o vocabulário. Evite palavrões e gírias. Ainda, existe uma grande diferença entre escrever um e-mail com letra maiúscula e minúscula. Lembre-se que letras grandes dão a impressão que a pessoa está gritando, o que pode ser mal-educado.

10- Faça uso ponderado de sistemas de mensagem instantânea mesmo que internamente. Se outras pessoas percebem que você está o tempo todo teclando com o seu colega da frente, é provável que desconfiem de segredos ou conchavos. Evite chamar a atenção das pessoas quando elas estiverem no modo ocupado.

fonte: http://www.terra.com.br
http://internetsegura.terra.com.br/site/interna.aspx?id_conteudo=330

Anúncios

Paraná ganha prédio com infra de fibra ótica

Em julho, o Paraná ganhará seu primeiro condomínio pré-equipado com estrutura de fibra ótica para transferência de dados.

O edifício de 19 andares, que ficará em Maringá, é obra da Construtora Anhanguera. Com a tecnologia, o empreendimento – batizado de Residencial Humanari – vai padronizar e consolidar em um único ponto os cabeamentos nos ambientes internos, agilizando a instalação e manutenção de serviços de TV, informática, alarmes, áudio e vídeo, entre outros.

O fornecimento de material para o projeto fica a cargo da londrinense Delta Cable.

Conforme Cílio Valença Júnior, gerente da empresa, o condomínio terá 23 quilômetros de cabo Gigalan UTP Cat 6 para 760 pontos de rede estruturada. Cada apartamento possuirá em média 20 pontos, cada um contendo 38 centros de distribuição multimídia da Furukawa, em conjunto com 38 módulos de telecom, 76 módulos de dados e 38 módulos CATV, contando ainda com backbone ótico que fará a interligação entre os andares.

Já a responsável pela instalação do cabeamento é a maringaense Sistemar. O diretor da empresa, Alisson Martini, destaca outro benefício da tecnologia: economia.

“Esta nova configuração traz à residência mais tranquilidade no emprego de novas tecnologias, sem falar na economia e no fim dos cabos espalhados pela casa”, explica o executivo. “É uma economia que se observa com o tempo, devido à entrada no mercado de serviços como IPTV, jogos online, sistemas de segurança inteligentes através de IP, entre outros, que geram a necessidade de uma infraestrutura adequada”, complementa.

Ainda segundo ele, com uma infra como a construída no Humanari os futuros moradores, quando buscarem incrementos tecnológicos, não precisarão, por exemplo, quebrar paredes para passagem de cabeamento adequado, mesmo com a tecnologia sem fio, que precisa de largura de banda hoje só encontrada nas soluções cabeadas como o CAT6.

O cálculo do custo de uma estrutura de fibra e cabeamento estruturado residencial deve ser feita em tempo de projeto, o que derruba o custo de instalação em novos empreendimentos, que vai de 1% a 3 % do total da obra, explica o diretor.

“Já para quem pensa em preparar sua residência para as novas tecnologias, vai ter um custo adicional: a passagem de cabeamento em fibra ou até mesmo metálico trará mudanças nas tubulações, que provavelmente não estarão preparadas, aumentando consideravelmente o custo desta implantação”, pondera.

Ouça a reportagem:
http://www.baguete.com.br/noticias/telecom/16/06/2010/parana-ganha-predio-com-infra-de-fibra-otica

Novo endereço

Olá amigos, estamos em novo endereço. Um local maior, com amplo espaço para os equipamentos e ferramentas, novos laboratórios, sala de treinamento, enfim, tudo para organizar e atender melhor e mais rápido. Estamos aguardando uma visitinha.

Manutenção das impressoras, notebooks, nobreaks e monitores

Manutenção de Computadores

Agora estamos na Av. São Domingos, 739