Autor: sistemar

Flexibilização do trabalho em tempos de crise!

A recente crise, gerada pela paralisação dos caminhoneiros, foi uma oportunidade para que muitas companhias experimentassem um novo modelo de trabalho. Sem poder chegar até a empresa, muitos funcionários tiveram que optar pelo expediente a distância.

Vale aprender com a experiência, não só porque crises podem acontecer a qualquer momento, mas  porque a flexibilização do modelo de trabalho é uma tendência irreversível.

Resultados da última pesquisa global Workmonitor, que aponta tendências no mundo do trabalho, revelaram que 70% dos profissionais  brasileiros gostariam de poder trabalhar mais de casa.

Então, como as empresas se preparam, técnica e legalmente, para esse novo modelo?

A Tecnologia atual conspira a favor das empresas. Confira:

FUNCIONÁRIOS EQUIPADOS com dispositivos pessoais modernos e eficientes (sem ônus para a empresa);

– VPN – VIRTUAL PRIVATE NETWORK, ou Rede Virtual Privada, que permite o tráfego de dados entre a empresa e o local onde está o funcionário, com total segurança;

PROTEÇÃO EFICIENTE, existem modernas medidas de segurança, como programas de firewalls, antivírus, spyware e softwares de criptografia, que podem ser aplicadas nos dispositivos que acessam dados corporativos.

Tanto a instalação do VPN, quanto as medidas de segurança, não têm grandes custos para as empresas. Clientes da SISTEMAR TECNOLOGIAS, por exemplo, recebem os dois BENEFÍCIOS DE GRAÇA, quando fecham um contrato de Firewall.

No aspecto legal, a REFORMA TRABALHISTA  DE 2017 reconheceu e regulamentou o HOME OFFICE. Algumas questões, como a contagem das horas trabalhadas, ainda dependem de um acordo de confiança entre o profissional e a empresa.

Então, o negócio é procurar bons acordos, já que  uma projeção global, feita por uma empresa de tecnologia, apontou que até  2020, quase 90% das corporações devem oferecer aos funcionários alguma modalidade de trabalho a distância.                               Se considerarmos que estamos falando de uma modalidade que diminui o custo das empresas, aumenta a produtividade e deixa os empregados mais felizes, que venham as boas mudanças.

Mas e você, o que acha da flexibilização do trabalho? Compartilhe sua experiência com a gente!

Anúncios

TI verde, porque a Terra é nossa casa!

A TI Verde é a criação ou reformulação de uma infraestrutura tecnológica para que ela produza menor impacto no meio ambiente.

Na região de Maringá, a Sistemar Tecnologias é uma das pioneiras na implantação da TI Verde, ajudando a divulgar o Programa de Gestão Ambiental, da parceira Furukawa.

No programa, estão iniciativas como o cabo verde.100% reciclável, o cabo GigaLan MAX Green, é o primeiro cabo do mundo a usar em seu revestimento, polietileno verde, feito de cana-de-açúcar.

 

Outro projeto, o Green IT, é um programa que  recolhe e recicla sobras de cabos eletrônicos e de energia, dando às empresas participantes, uma bonificação que pode ser trocada por produtos Furukawa.

A Sistemar fechou, o ano passado, com 270Kg de cabos enviados e revertidos em bônus para clientes da região de Maringá.

Além do bônus, quem participa, recebe um certificado, atestando seu compromisso com a sustentabilidade e o meio ambiente.

Quer saber mais sobre TI verde? Venha falar com a gente, temos especialistas para ajudar a sua empresa a ganhar o título de amiga do meio ambiente!

7 MOTIVOS PARA MUDAR DE CÂMERAS ANALÓGICAS PARA CÂMERAS IP

Agora é o momento perfeito para as empresas mudarem seus sistemas de vigilâncias de antigas câmeras analógicas e sistemas DVR para câmeras IP.

1. FINAL DA VIDA ANALÓGICA – Sistemas de câmeras analógicas e DVRs com baixa definição estão chegando ao seu fim de vida útil.

2. FACILIDADE DE INSTALAÇÃO – Recursos como o reconhecimento de câmera universal plug-and-play tornaram as instalações de NVR muito simples.

3. USO DE INFRAESTRUTURA EXISTENTE – As
empresas podem trocar componentes um de cada vez para iniciar a atualização para uma câmera IP e instalação do NVR.

4. CUSTO-BENEFÍCIO – Um DVR pode ser mais barato inicialmente do que um NVR, mas o NVR não atua somente no gerenciamento dos requisitos de vigilância de vídeo de uma empresa, ele também pode funcionar como a base para o armazenamento global e gerenciamento de dados.

5. ESCALABILIDADE – as câmeras IP de rede podem ser adicionadas a uma instalação usando locais com câmeras analógicas existentes.

6. FLEXIBILIDADE – A capacidade de acessar e visualizar arquivos de vídeo de qualquer local do mundo.

 

 

7. MELHORIAS NA QUALIDADE DA IMAGEM – Câmeras de segurança IP proporcionam melhor resolução,  ambientes de vigilância expandidos e imagens altamente detalhadas.

A Sistemar Tecnologias é parceira da Vivotek, líder global no fornecimento de solução de vigilância IP.

SERVIÇOS OFERECIDOS PELA PARCERIA

SISTEMAR/VIVOTEK

  • Elaboração de projeto;
  • Venda e instalação de equipamentos;
  • Acesso remoto de imagens pelo computador ou pelo celular;
  • Manutenção corretiva e preventiva.

Converse com nossos especialistas e peça um orçamento.

BYOD: sua empresa está preparada?

A adoção do BYOD (Bring Your Own Device) nas empresas tem se tornado um passo natural para o futuro. O movimento começou timidamente, em 2007, com o lançamento do iPhone mas ganhou força nos últimos anos.

A maioria dos funcionários e colaboradores vai para o trabalho com um ou mais dispositivos pessoais. Fato que possui prós e contras. Afinal, para a empresa é interessante  não ter que gastar para adquirir e manter atualizados um grande número de equipamentos. Para o funcionário   é uma inovação utilizar dispositivos atuais e com as mais novas tecnologias. Contudo, esses benefícios trazem novas preocupações com a segurança corporativa.

Um BYOD confiável e produtivo só é possível com padronização e a adoção de protocolos integrados de segurança.

Contar com uma política de segurança que estabeleça papéis e regras para os funcionários é essencial para ter uma força de trabalho móvel segura. Sendo dispositivos pessoais ou não, os funcionários devem receber instruções quanto ao uso. Medidas mínimas de segurança como programas de firewalls, antivírus, spyware e softwares de criptografia, devem ser aplicadas nos dispositivos que acessam dados corporativos

O importante é conseguir formas de blindar o ambiente corporativo da empresa para minimizar as ações de terceiros. 

Quais empresas estão correndo risco de perder dados por causa dos ataques do Ransonware?

Nenhuma empresa está a salvo!

 

 

E desde que os hackers deixaram de lado as piadas sem graça e a motivação política, para ir atrás de ganhos financeiros, as pequenas empresas viraram o principal alvo.
O Brasil possui números alarmantes: é o segundo país que mais perdeu financeiramente com ataques cibernéticos, atrás apenas da China. Em 2017, esses crimes causaram prejuízos de US$ 22 bilhões ao pais.
O ataque da moda, agora é o ransomware, um tipo de malware que sequestra dados do computador infectado e cobra um valor, em dinheiro, pelo resgate.
É fácil ver onde estão as maiores vítimas, estudos apontam que 65,2% dos ciberataques com foco apenas financeiro envolvem as PMEs e metade delas fecha, em cerca de 6 meses, após o ataque.
O critério que os hackers estão usando é o mesmo de ladrões oportunistas de fundo de quintal, eles entram onde está mais fácil: 44% dessas PMEs não possuem recursos adequados em segurança de dados.
O único lado bom de toda essa história é que, enfim as empresas estão acordando. Estão correndo atrás de seguros e de estratégias para enfrentar um inimigo que está cada vez mais perigoso.

 

 

 

 

Outsourcing desde a raiz

A Sistemar Tecnologias nasceu com a vocação para o Outsourcing.

A empresa foi criada, em 2001, para prestar serviços de TI, atenta as necessidades das Cooperativas de Créditos, que despontavam em Maringá.

A Sistemar cresceu, diversificou e tem, hoje, o nome reconhecido como uma das mais sólidas empresas, fornecedoras de infraestrutura tecnológica para negócios de toda a região.

Mas nossa  vocação para o outrsorcing evoluiu junto.

Atualmente, atendemos mais de trinta empresas.

Além das Cooperativas de Créditos, nossa experiência está a serviço de clientes como indústrias, comércio varejista, laboratórios, hospitais, agências de eventos, transportadoras, associações comerciais e sindicatos.

As vantagens que oferecemos são muitas, a mais visível é a redução drástica de custos com a TI, mas um outsourcing bem feito é muito mais  do que isso: com nossa assistência técnica, local e remota, sua  empresa terá permanentemente a manutenção de equipamentos e seu Backup garantidos.

Você ganha, também, segurança: seu servidor estará protegido contra ameaças internas e externas, e passará a ter seu desempenho monitorado continuamente.

Se ficou interessado, solicite uma visita técnica. Peça um orçamento. Teremos prazer em ajudar!

Alguns dos nossos cases mais recentes

Quase vinte anos de casos de sucesso. Veja o um resumo de nossos sucessos recentes:

 

  • CABEAMENTO ESTRUTURADO E ORGANIZAÇÃO DO RACK:

Só nos últimos meses, fizemos esse trabalho

para a Acim (Associaçao Comercial e Industrial de Maringá);  Grupo G10; Descarbox; Euphoria e a Clínica Dermatoclin.

 

2-SEGURANÇA DIGITAL

Instalamos  uma solução personalizada de firewall na Genko e na  Facmaster.

 

3- OUTSOURCING

Fechamos um contrato de Outsourcing, que inclui a assistência de um técnico full time na Euphoria; Maquira e Laboratório Santo Antonio.

 

4-INFRAESTRUTURA DAS REDES LÓGICA

Fizemos a infraestrutura das Redes Lógica e Elétrica. Cabeamento e montagem de rack na Aurora Alimentos; Frimesa; Agrex do Brasil; Minorgan; Clichetec e na  Sulferraço.

  

5- COMUNICAÇÃO

Estabilizamos a comunicação implantando fibra óptica na Gelita  e na Planti Center.

 

6- SEGURANÇA

Implantamos a infraestrura para câmeras de vigilância, no Condominio Renaiscence e no

Residencial La Première, onde também fizemos automação e controle de acesso.