Quais empresas estão correndo risco de perder dados por causa dos ataques do Ransonware?

Nenhuma empresa está a salvo!

 

 

E desde que os hackers deixaram de lado as piadas sem graça e a motivação política, para ir atrás de ganhos financeiros, as pequenas empresas viraram o principal alvo.
O Brasil possui números alarmantes: é o segundo país que mais perdeu financeiramente com ataques cibernéticos, atrás apenas da China. Em 2017, esses crimes causaram prejuízos de US$ 22 bilhões ao pais.
O ataque da moda, agora é o ransomware, um tipo de malware que sequestra dados do computador infectado e cobra um valor, em dinheiro, pelo resgate.
É fácil ver onde estão as maiores vítimas, estudos apontam que 65,2% dos ciberataques com foco apenas financeiro envolvem as PMEs e metade delas fecha, em cerca de 6 meses, após o ataque.
O critério que os hackers estão usando é o mesmo de ladrões oportunistas de fundo de quintal, eles entram onde está mais fácil: 44% dessas PMEs não possuem recursos adequados em segurança de dados.
O único lado bom de toda essa história é que, enfim as empresas estão acordando. Estão correndo atrás de seguros e de estratégias para enfrentar um inimigo que está cada vez mais perigoso.

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s