Confira as principais normas de cabeamento estruturado

A principal padronização é regida pela  Telecommunications Industry Association (TIA) e pela Eletronic Industries Alliance (EIA).

As normas mais comuns são:

– ANSI/TIA/EIA-568-A/B (para crimpagem dos cabos).

– ANSI/TIA/EIA-569-A (Infra-estrutura utilizada principalmente por engenheiros civis e arquitetos).

– ANSI/EIA/TIA-570-A (Cabeamento pequenos Escritórios e Residência SOHO).

– ANSI/TIA/EIA-606 (Administração e Identificação).

– ANSI/TIA/EIA-607 (Aterramento em Telecomunicações).

Além de alguns TSBs (Telecommunications Systems Bulletin):

– TSB67 (Testes realizados em campo no cabeamento UTP).

– TSB72 (Cabeamento óptico centralizado).

– TSB75 (Práticas do cabeamento por zonas – Zone Wiring).

– TSB95 (Diretrizes adicionais da performance de transmissão do cabeamento UTP 4P Cat. 5).

No Brasil a norma oficial é a NBR 14565 da ABNT baseada na EIA/TIA 568-A, alterada (novembro/ dezembro de 2002) passando ser baseada na EIA/TIA 568B.                                                             Essa norma categoriza o sistema de cabeamento a partir da largura de banda, comprimento, atenuação e desempenho desse tipo de tecnologia. A norma ISO é outro procedimento que garante a padronização de cabos, conectores e procedimento como um todo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s